Fiscalização flagra corte de mata nativa

0
787

Agentes de fiscalização da Fundação Municipal de Meio Ambiente  (Floram) autuaram um morador na  rua Sebastião Laurentino da Silva, no Córrego Grande, por supressão de vegetação nativa. Segundo o servidor Marcio Manoel Dutra, “a fiscalização realizou vistoria e verificou a infração em uma área de aproximadamente 600m².  Cabe mencionar que se trata de terreno baldio, portanto realizamos consulta ao Geoprocessamento Corporativo da PMF, e o imóvel em questão está lançado para fins tributáveis em nome do Senhor. J. C. M”.

Esclarece o servidor que foi lavrado auto de infração ambiental de nº 15.670 (multa simples e suspensão de atividades).  A área em questão possui dois zoneamentos, ARP 2.5 e APL-E.

“Para qualquer atividade que envolva a supressão de vegetação nativa é obrigatório requerimento de autorização, não importando onde se localize dentro do município”, observa o chefe de Fiscalização Walter Hachow.

Comentários

Comentários