Floram vai compartilhar gestão do Parque da Luz

0
779

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Floram), e a Associação Amigos do Parque da Luz (AAPL) vão fazer a gestão compartilhada do parque urbano localizado na cabeceira insular da Ponte Hercílio Luz. E, entre as primeiras providências previstas, decorrentes da formalização desta parceria, estão melhorias na iluminação noturna, tanto do interior quanto do entorno do Parque da Luz. A expectativa é de que a medida preventiva de segurança aconteça até o mês de setembro.

De acordo com o diretor de gestão ambiental da Floram, Antônio Carlos Simas, a oficialização da parceria entre o órgão municipal e a AAPL, que já acontecia informalmente, visa a unir esforços no sentido de tornar a infraestrutura do Parque da Luz ainda mais atrativa ao público.

“Queremos juntar forças para o trabalho”, disse Simas, ainda que, segundo ele, a área de lazer receba de mil a 1.200 visitantes, nos finais de semana normais, e até três mil pessoas, quando da realização de eventos, como foi o caso da largada do revezamento da tocha olímpica em sua passagem pela Capital, neste domingo (10).

Com a gestão compartilhada, que vai constar de portaria a ser publicada nos próximos dez dias no Diário Oficial do Município, cria-se um grupo técnico administrativo formado por três funcionários públicos da Floram e dois membros da Associação Amigos do Parque da Luz. O grupo ficará encarregado de deliberar sobre as ações em favor do espaço.

Outras ações

Atualmente, está em execução um censo de contagem e indicação da flora para auxílio do manejo que se faz necessário. “O parque precisa de um pouco mais de sol, até para que algumas espécies possam se desenvolver. Hoje, uma árvore está interferindo na outra”, atestou o diretor de gestão ambiental, destacando que podem ser encontradas de árvores exóticas, como o plátano, a amendoeira e o flamboyant, a frutíferas como pitangueira, goiabeira e araçazeiro.

Além disso, está sendo implantado um projeto de educação ambiental voltado, sobretudo, para escolas e grupos de escoteiros, e encontra-se aberta a agenda para utilização da casa da administração, que fica logo na entrada do Parque da Luz, à rua Felipe Schmidt. É que a casa, que abriga acervo fotográfico permanente sobre a área, tem condições de receber outras exposições e eventos afins temporários.

Agora, além da melhoria na iluminação, também está prevista a marcação formal das trilhas para caminhada, uma vez que as existentes foram feitas pela ação dos visitantes, involuntariamente.

Infraestrutura

O Parque da Luz ainda conta com campo de grama, playground com dois equipamentos infantis e bancos de madeira para convivência e contemplação da flora e da fauna. As árvores do parque são bastante procuradas por pássaros, como sabiás e saracuras, para fazer ninhos.

Já a segurança do local se dá tanto nos dias úteis quanto nos finais de semana através de rondas da Guarda Municipal e da Polícia Militar, no período diurno.

Comentários

Comentários