Frio obriga Prefeitura a ampliar ação protetiva

0
685

A Prefeitura Municipal de Florianópolis intensificou os trabalhos em prol dos moradores de rua por causa da onda de frio que atinge o Estado neste início de junho. A Secretaria Municipal de Assistência Social vai aumentar a distribuição de cobertores às 421 pessoas em situação de rua em Florianópolis.

Uma reunião de avaliação foi realizada na manhã desta terça-feira (7), no gabinete do prefeito, e projetou ações especiais para os próximos dias. Hoje, os moradores já são atendidos nos locais destinados a este acolhimento: 144 estão em casas de acolhimento, 46 no Albergue Municipal, 66 nas Casas de Apoio e 32 em unidades cofinanciadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social.

O atendimento no Centro POP prossegue normal, para que os moradores de rua possam ter acesso às refeições, banho e higiene pessoal no espaço. A Prefeitura dispõe de 120 leitos aos moradores de rua, quantidade que foi ampliada a partir de 2013. Antes eram 30 vagas.

“O nosso desafio é convencer essas pessoas a aderirem aos serviços da Prefeitura. Temos 120 vagas nos espaços públicos, o que já atende a grande parte da demanda. Estamos de prontidão para atendê-los” disse Katia Abraham, diretora de Proteção Social Especial.

De acordo ainda com a diretora, quem quiser ajudar pode doar calçados e meias, a partir do tamanho 39, e também cobertores, que devem ser entregues na sede da Assistência Social, em frente ao IEE, na avenida Mauro Ramos, no setor de Benefícios.

Comentários

Comentários