Mutirão de Crédito movimenta R$ 1 milhão

0
575

A segunda edição do Mutirão de Recuperação de Crédito, realizado pela Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor e Procon Municipal de Florianópolis, efetuou mais de 1.500 atendimentos, com aproximadamente R$ 1,06 milhão em valores negociados.

A Companhia Elétrica de Santa Catarina (Celesc) foi a empresa mais procurada pelos inadimplentes que pretendiam negociar débitos pendentes. Em seu estande, foram efetuados 493 atendimentos, resultando em 161 parcelamentos e R$ 788 mil negociados. De acordo com Samara de Souza, responsável pela Divisão Comercial – Agência Regional Florianópolis, o valor negociado atendeu às expectativas da Celesc Distribuição.

O Banco Santander efetuou 100 atendimentos e R$ 35 mil foram negociados. A Caixa Econômica Federal (CEF) negociou R$ 155 mil e efetuou 150 atendimentos. O Banco do Brasil foi o único que não apresentou o balancete final de negociações.

Uma novidade no 2° Mutirão de Recuperação de Crédito foi a participação das Lojas Koerich. Cerca de 90 pessoas foram atendidas e R$ 135 mil negociados. “Apesar de a greve do transporte público ter influenciado no movimento do mutirão, os resultados foram satisfatórios”, avaliou Gilmar Silva, supervisor de cobrança e representante da empresa no evento.

A Casan realizou 70 atendimentos, resultando em R$ 8 mil negociados. A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Florianópolis efetuou durante os dias do mutirão 635 consultas no SPC e Serasa.

Comentários

Comentários