Polícia SC divulga números do primeiro semestre

0
604

No 1º semestre deste ano, o 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em sua missão diuturna de promover a segurança à uma população de mais de 250.000 habitantes realizou inúmeras prisões, apreensões, operações e recuperações. Até o dia 30 de junho foram apreendidos:

  • Drogas:
  • Maconha – 54,6 kg;
  • Crack – 780 pedras;
  • Cocaína – 4,6 kg;
  • Pasta de Cocaína – 720 gramas;
  • Ecstasy – 674 comprimidos;
  • LSD – 1984 micropontos; e
  • Lança Perfume – 81 frascos
  • 55 armas de fogo:
  • 25 revólveres calibre 38;
  • dois revólveres calibre 32;
  • dois revólveres calibre 22;
  • uma pistola calibre 7,65;
  • oito pistolas calibre 380mm;
  • quatro pistolas calibre 9mm;
  • uma pistola calibre .40;
  • uma pistola calibre .45;
  • uma pistola calibre .22;
  • sete espingardas;
  • um rifle calibre .22; e
  • um fuzil calibre 7,62.

Além disso, o 4º BPM, por sua localização estratégica no centro de Florianópolis, tem a incumbência de garantir a segurança em locais de extrema importância para o estado, como as pontes de acesso à Ilha de Santa Catarina, o terminal Rodoviário Rita Maria, além do entorno dos prédios da administração pública que estão em sua circunscrição, como: Assembléia Legislativa, Tribunal de Justiça, Centro Administrativo do Governo, Polícia e Receita Federal, entre outros.

Não bastasse a grande demanda da população local, o 4º BPM atende um sem número de ocorrências geradas pela população flutuante da Capital. Diariamente, milhares de pessoas da Região Metropolitana de Florianópolis vêm à Ilha para trabalhar, buscar atendimento em órgãos públicos e fazer compras no comércio local. Há de se salientar também a grande demanda que ocorre nos meses de verão, onde o turismo chega a dobrar a população de alguns bairros.

Finalmente, e não menos importante, o 4º BPM tem a missão de garantir a segurança em eventos populares de grandes proporções, a exemplo das manifestações, eventos esportivos como o IronMan, festividades religiosas, feiras e congressos públicos ou privados que acontecem na Capital. Somente na manifestação de 13 de março, estima-se que 100 mil pessoas ocuparam a Avenida Beira Mar Norte.

Comentários

Comentários