Rio Tavares: elevado perto de iniciar a concretagem

0
609

O elevado do Rio Tavares começa a tomar forma. A obra está na fase final dos estaqueamentos de madeira e já começaram a ser instaladas as armaduras para a primeira concretagem. Essa concretagem deve acontecer entre os pilares P8 e P12, que já estão com as formas e o cimbramento prontos.

Em paralelo à construção, prosseguem os trabalhos arqueológicos com coleta e análise de material em laboratório. A arqueologia já está na fase de finalização dos trabalhos no terreno de esquina, onde funciona uma madeireira, e o próximo passo será seguir para os estudos arqueológicos na área do pilar P1.

O elevado tem o objetivo de servir para diluição do maior gargalo de trânsito do Sul da Ilha. A estrutura terá 220 metros de extensão e fará a ligação entre a SC-405 e a rodovia Dr. Antônio Luiz Moura Gonzaga, que une o Rio Tavares e o Campeche à Lagoa da Conceição. A estrutura terá 12 pilares, cada um deles com oito estacas (com capacidade de suportar individualmente a carga de 230 toneladas-força), coroadas por um bloco com mais de 30 metros cúbicos de concreto.

Esses blocos, que medem pouco mais de 7 metros de comprimento, por 2,60 metros de largura e 1,60 metro de altura (ou profundidade), servem de base para os pilares que vão sustentar a via elevada. O projeto contempla ainda, para o entorno, ciclovias e calçadas, com investimento de R$ 15 milhões para a obra e R$ 17 milhões para as desapropriações.

02_08_2016_16_35_1ec34987b70fa4da35cfc3bd1df772cf

Comentários

Comentários